As Lentes Esclerais são lentes de contato especialmente desenvolvidas para pessoas portadoras de anomalias na córnea como a síndrome do olho seco, córneas irregulares, incluindo traumas corneanos, degeneração marginal pelúcida, ceratoplastias penetrantes, pós Lasik e RK e principalmente o Ceratocone.

 

Elas são muito semelhantes às lentes de contato Gelatinosas, com um diâmetro maior que se adapta à esclera (a parte branca mais externa à córnea). O espaço entre a córnea e a lente escleral é preenchido pelo “filme lacrimal”, propiciando uma adaptação muito mais confortável, mesmo em pacientes que possuem muita sensibilidade.

 

As lentes Esclerais Proporcionam uma Verdadeira mudança de vida aos pacientes graças a maneira revolucionária de tratar as distorções e corrigir ametropias proporcionando um conforto excepcional. Quando há uma boa adaptação do paciente à lente, automaticamente se afasta a necessidade do transplante de córnea.

A lente deve se alinhar à córnea com livramento de 100 micra. Não deve haver quaisquer bolhas sob a tampa óptica (sag muito alto) ou sobre o limbo (sag muito plano). A lente terá pouco movimento ou nenhum. Além disso, a atenção deve ser observada na periferia. Não deve haver qualquer impacto conjuntival e nem elevação excessiva da borda.

  • Desenho com curvas múltiplas que se adaptam a córneas com topografias irregulares.
  • Maior estabilidade.
  • Menor sensação palpebral.
  • Excepcional conforto para o paciente.
  • Facilidade de adaptação.
  • Excelente acuidade visual.
  • Lentes incrivelmente limpas, resistentes à deposição de proteínas.
  • Alta satisfação dos usuários.

Com diâmetros variáveis que começam em 16.0mm e um desenho com curvas múltiplas, a lente cobre completamente a córnea, sem tocá-la, além de permitir máxima oxigenação, perfeita estabilidade e excepcional conforto.