whatsapp - Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Retinoblastoma: O que é, sintomas e tratamento - Eduardo Paulino

Retinoblastoma: O que é, sintomas e tratamento

13 de novembro, 2023

O retinoblastoma é um câncer que se desenvolve na retina, o tecido ocular responsável por captar a luz e enviar informações visuais para o cérebro. Ele ocorre predominantemente em crianças, geralmente antes dos cinco anos de idade, e é uma das formas mais comuns de câncer ocular infantil.

Causas

O retinoblastoma é frequentemente causado por mutações genéticas que afetam o gene RB1, responsável por controlar o crescimento celular na retina. Essas mutações podem ser hereditárias ou ocorrer de forma espontânea. Em casos hereditários, há uma predisposição genética ao retinoblastoma, e as crianças nascem com uma cópia alterada do gene RB1. Nas formas não hereditárias, as mutações ocorrem após o nascimento.

Sintomas

Os sintomas podem variar, mas os pais e cuidadores devem estar atentos a sinais como:

  • Reflexo branco nos olhos (leucocoria): Pode ser observado como um brilho branco nos olhos, muitas vezes em fotografias com flash.
  • Estrabismo súbito: Um desalinhamento dos olhos, em que um deles parece desviar para dentro ou para fora.
  • Visão reduzida: A criança pode relatar dificuldades em enxergar objetos ou apresentar visão dupla.
  • Dor nos olhos: Em casos avançados, a criança pode se queixar de dor ou desconforto nos olhos.

Diagnóstico e prevenção

O diagnóstico precoce é o melhor caminho para garantir um tratamento adequado. Por isso, os cuidados começam ainda na maternidade, onde todo recém-nascido deve ser submetido ao Teste do Olhinho com até 72 horas de vida. O Teste do Olhinho deve ser repetido pelo pediatra ao menos duas vezes ao ano, nos três primeiros anos de vida da criança.

Para ampliar a proteção da saúde ocular, recomenda-se ainda que bebês de 6 a 12 meses passem por um exame oftalmológico completo, que deve ser repetido entre três e cinco anos.

Tratamento

O tratamento do retinoblastoma apresentou grande avanço nas últimas décadas. As taxas de cura são superiores a 90% com o diagnóstico precoce e tratamento adequado.

Em caso de confirmação de diagnóstico, a criança iniciará o tratamento, que depende de vários fatores, como: localização e tamanho do tumor, disseminação além do olho e possibilidade de preservação da visão. Podem ser adotados diferentes procedimentos, como quimioterapia, terapia focal e métodos cirúrgicos.

De olho nos olhinhos das crianças

A conscientização sobre os sintomas e a importância dos exames oftalmológicos regulares são cruciais para garantir que o retinoblastoma seja detectado precocemente e tratado com sucesso. 

Se você ainda tem dúvidas ou identificou alguma anormalidade nos olhos do seu filho(a), entre em contato conosco e agende uma consulta pelo telefone (13) 3477-9000 ou WhatsApp (13) 98111-4242.

POSTS RECOMENDADOS

Saiba como adicionar recursos de acessibilidade ao Google Chrome. - Eduardo Paulino

Saiba como adicionar recursos de acessibilidade ao Google Chrome.

A tecnologia pode servir como uma poderosa ferramenta de inclusão digital para os portadores de necessidades especiais. Os sistemas...

Veja o post
Novo medicamento evita o comprometimento da visão - Eduardo Paulino

Novo medicamento evita o comprometimento da visão

Estudo identifica medicação que elimina o herpes ocular comumente confundido com conjuntivite. Os tratamentos atuais não curam a doença....

Veja o post
Você sabia que os olhos também podem ser porta de entrada para o vírus da gripe? - Eduardo Paulino

Você sabia que os olhos também podem ser porta de entrada para o vírus da gripe?

Quando falamos em gripe, geralmente pensamos na transmissão pelo ar, através das vias respiratórias. No entanto, poucas pessoas sabem...

Veja o post

Se você tiver alguma dúvida, ligue para nós (13) 3477-9000 ou agende uma consulta

CONVÊNIOS

Convênio MED ABMD – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio AMAFRESP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio AMBEP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio  BRADESCO SAÚDE – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CAASP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CABESP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CASSI – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CRECISP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
 Convênio Caixa de previdência de Cubatão – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio GAMA SAÚDE – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio ITAU SAÚDE – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Mediservice – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio NIPOMED – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Saúde Petrobras – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Porto Seguro – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Postal Saúde  – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio SINPRAFARMA – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Sul América – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Unimed – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Unisaúde  – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio VIVEST – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio bem.care – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
 Convênio FSFX – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio SINCOMERCIARIOS – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
 Convênio Dr Benefício – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CAPEP SAÚDE – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Cartão Fidelidade – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino

CONVÊNIOS