whatsapp - Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Tecnologia e Cirurgia Robótica - Eduardo Paulino

Tecnologia e Cirurgia Robótica

18 de novembro, 2019

A tecnologia está presente em nossas vidas de diversas formas. Afinal, gostemos ou não, não existe mais mundo sem seus avanços. E na medicina, certamente as atualizações não param. Há alguns anos, ainda que o avanço da tecnologia acontecia, a cirurgia robótica era algo distante, digno de escritos de ficção científica. E mesmo que a ficção científica seja apenas ficção, a escritora e cânone literária Úrsula K. Le Guin escreveu na introdução de seu livro “A mão esquerda da escuridão” que:

“…o escritor de ficção científica tome uma tendência ou fenômeno do presente, purifique-o e intensifique-o para efeito dramático e estenda-o ao futuro. Se isto continuar, eis o que acontecerá. Faz-se uma previsão.”

Pacientes com chips implantados em seus corpos, robôs comandando centros cirúrgicos, máquinas deslizando silenciosamente pelos corredores de hospitais e consultórios como médicos e enfermeiras e os únicos humanos seriam os pacientes.

Imaginou?

Em resumo: uma linha tênue separa o futuro real da ficção científica.

Surpreendentemente, o mundo da ficção cientifica é, ao mesmo tempo, inimaginável e totalmente possível. Tecnologia de última geração misturada à questões éticas que presenciamos hoje. Por isso, a ficção cientifica antes de mais nada, especula um futuro possível. A previsão é baseada no que já temos em mãos. É no presente que o futuro é construído. Cria-se, então, uma possível realidade juntando peças que já estão no nosso dia a dia.

No caso da tecnologia, no campo da medicina, especificamente, robôs substituindo médicos especialistas ainda é um mundo inimaginável. A tecnologia e a cirurgia robótica, que são robôs atuando como as mãos dos médicos, é o mundo possível que temos atualmente.

Portanto, vamos ao ponto.

Hoje, fala-se abertamente sobre cirurgia robótica. Já é algo que vivenciamos sem grandes problemas. Pesquisamos para entender, para saber em quais áreas da medicina ela atua.

A realização de uma cirurgia robótica

A cirurgia robótica funciona da seguinte forma:

  • De qualquer lugar do mundo, o médico opera um outro paciente que está em outro lugar do mundo;
  • Monta-se a estrutura cirúrgica com ajuda da equipe local;
  • A equipe prepara o paciente fazer a introdução dos micro cortes, introduzir as sondas necessárias;
  • As mãos do médico são transformadas em uma estrutura robótica;
  • Comandado por um controle, as mãos do médico viram micro pinças, micro braços e acessam lugares menores a ser tratado, retiraram micro tremores, visualizam melhor espaços com difícil acesso;
  • Toda a cirurgia será feita por um médico especializado à distância.

A grande transformação acontecerá não apenas porque é parte dos avanços tecnológicos, mas também a ideia da união de grandes centros com grandes especialistas realizarem cirurgias complexas está mais próxima do que imaginamos.

No Brasil, especialmente em São Paulo, alguns hospitais já investem na cirurgia robótica. Mesmo com toda a complexidade envolvida, e ainda em fase de testes, seu custo é eventualmente alto, pois ainda requer treinamentos específicos para médicos e equipes. Contudo, é um avanço que já não podemos considerar mais o futuro da medicina.

Por fim, a cirurgia robótica é um futuro que já é presente.

Agende sua Consulta .

Confira no vídeo abaixo o Programa Visão Médica apresentado pelo Dr. Eduardo Paulino e inscreva-se no canal.

 

 

POSTS RECOMENDADOS

O que você precisa saber sobre a Cegueira Infantil - Eduardo Paulino

O que você precisa saber sobre a Cegueira Infantil

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 500 mil crianças ficam cegas todos os anos, sendo...

Veja o post
A nova patente da Apple ajuda os usuários com cegueira parcial a ver o campo de visão completo. - Eduardo Paulino

A nova patente da Apple ajuda os usuários com cegueira parcial a ver o campo de visão completo.

Quando se diz “Realidade Aumentada”, a primeira coisa que vem à mente é Emojis RA ou outro aplicativo semelhante...

Veja o post
Por que tantas crianças estão ficando míopes hoje em dia? - Eduardo Paulino

Por que tantas crianças estão ficando míopes hoje em dia?

Hoje em dia é grande a movimentação de crianças nas clínicas oftalmológicas. Na maioria dos casos, a miopia é...

Veja o post

Se você tiver alguma dúvida, ligue para nós (13) 3477-9000 ou agende uma consulta

CONVÊNIOS

Convênio MED ABMD – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio AMAFRESP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio AMBEP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio  BRADESCO SAÚDE – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CAASP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CABESP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CASSI – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CRECISP – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
 Convênio Caixa de previdência de Cubatão – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio GAMA SAÚDE – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio ITAU SAÚDE – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Mediservice – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio NIPOMED – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Saúde Petrobras – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Porto Seguro – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Postal Saúde  – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio SINPRAFARMA – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Sul América – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Unimed – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Unisaúde  – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio VIVEST – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio bem.care – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
 Convênio FSFX – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio SINCOMERCIARIOS – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
 Convênio Dr Benefício – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio CAPEP SAÚDE – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino
Convênio Cartão Fidelidade – Instituto de Olhos do Eduardo Paulino

CONVÊNIOS